Zeca do PT vai ao STF pedir pensão de volta

O ex-governador de Mato Grosso do Sul José Orcírio Miranda dos Santos, o Zeca do PT, quer de volta pensão vitalícia de R$ 23 mil que recebia desde janeiro. O benefício foi cancelado pela presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ellen Gracie, após ter sido dado pelos desembargadores do Tribunal de Justiça do Estado. Ontem, os advogados de Zeca entraram com agravo de instrumento no STF contra a Ação de Inconstitucionalidade movida pelo Conselho Federal da OAB. A alegação é a de que outros ex-governadores estaduais recebem a pensão - o que também deve ser motivo de ação na Justiça da OAB-MS.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.