Zeca do PT usa até apoio de ator para chegar ao 2º turno

O ex-governador de Mato Grosso do Sul, José Orcírio Miranda dos Santos, o Zeca do PT, tenta com suas últimas cartas levar a corrida ao governo do Estado para o segundo turno. Amanhã, o ator global José Abreu - o sacerdote Pandit na novela Caminho das Índias, exibida ano passado na TV Globo - vai puxar uma caminhada pelas ruas centrais de Campo Grande, junto com Zeca do PT. Segundo a assessoria do candidato, o evento deverá ter a participação de 10 mil pessoas.

JOÃO NAVES DE OLIVEIRA, Agência Estado

17 de setembro de 2010 | 17h43

A assessoria divulgou também que até o próximo dia 26, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva deverá participar de mais um comício pró Zeca, também na capital do Estado. Na comitiva presidencial é esperada a presença do ex-ministro do Meio Ambiente Carlos Minc, que em setembro do ano passado foi xingado pelo governador André Puccinelli (PMDB).

O esforço concentrado é motivado pelos resultados de todas as pesquisas de opinião pública realizadas até agora, nas quais o candidato peemedebista, candidato à reeleição, venceria o pleito no primeiro turno.

A última sondagem, realizada pelo Ibope no início deste mês - e registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob o número 33561/2010 e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo 27046/2010 -, aponta 52% das intenções de voto para Puccinelli e 36% para Zeca do PT.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.