Dado Ruvic/Reuters
Dado Ruvic/Reuters

YouTube se une a jornalistas para lançar programa contra fake news

A ação Jogo Limpo é feita em parceria com o International Center For Journalists (ICFJ) e tem como foco as eleições de 2022

Levy Teles, O Estado de S.Paulo

26 de abril de 2022 | 18h11

O YouTube e o International Center For Journalists (ICFJ) inauguram nesta terça-feira, 26, o programa Jogo Limpo, uma ação conjunta de apoio a jornalistas para o combate à desinformação no País em ano de eleição presidencial. 

O programa dedica um fundo total de US$ 150 mil, divididos em bolsas de US$ 25 mil por projeto aprovado. Fact-checkers, agências de checagem, jornalistas, meios de comunicação e projetos de alfabetização midiática podem participar. As propostas selecionadas recebem três meses de orientação especializada por mentores da equipe do ICFJ.

Essa é mais uma frente da plataforma no combate à desinformação com foco na eleição de 2022 no Brasil. "A melhor forma de se combater a desinformação é com mais informação", afirma Alana Rizzo, gerente de políticas públicas do YouTube. 

Em março, o YouTube anunciou que iria começar a remover vídeos que contenham afirmações, alegações de fraudes e erros no ciclo eleitoral de 2018. A medida tem efeito retroativo. Um vídeo antigo do presidente Jair Bolsonaro (PL) em que ele dizia ter provas de fraude na votação daquele ano, por exemplo, foi removido no mês de abril. 

Rizzo diz que a rede estuda ainda outras ações que podem ser aplicadas nos próximos meses na plataforma. 

As inscrições são gratuitas, estarão abertas do dia 26 de abril até 15 de maio e podem ser feitas através do endereço https://icfj.submittable.com/submit/224324/jogo-limpo-2022.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.