Youssef recebe alta hospitalar

Youssef recebe alta hospitalar

Doleiro, alvo principal da Operação Lava Jato, estava internado desde sábado

Julio Cesar Lima, especial para O Estado, O Estado de S. Paulo

29 de outubro de 2014 | 09h40

São Paulo - O doleiro Alberto Youssef recebeu alta na manhã desta quarta-feira, 29, segundo boletim médico divulgado pelo Hospital Santa Cruz, de Curitiba, onde ele estava internado desde sábado. O principal alvo da Operação Lava Jato, preso há nove meses, sofreu uma queda brusca de pressão e foi hospitalizado com sinais de desidratação e emagrecimento.

Youssef está preso na carceragem da Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, para onde volta ainda nesta manhã. Ele é acusado de liderar um esquema de lavagem de dinheiro de cerca de R$ 10 bilhões.

No domingo, 26, dia da eleição, a Polícia Federal desmentiu boatos de que o doleiro havia morrido. Youssef passou mal no sábado, dois dias depois de a revista Veja publicar que ele teria afirmado à Justiça Federal que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a presidente Dilma Rousseff sabiam do suposto esquema de corrupção na Petrobrás. Segundo a publicação, ele não apresentou provas durante o depoimento, que faria parte do acordo de delação premiada firmado entre o doleiro e a Justiça.

O boletim médico é assinado pelo cardiologista Rubebs Zenobio Darwich. Esta foi a terceira vez que Youssef precisou de atendimento médico de urgência após sua prisão. No domingo ele recebeu a visita das filhas e, segundo elas, estava 16 quilos mais magro. O doleiro teve seu quarto escoltado por dois policiais federais.

 

Tudo o que sabemos sobre:
youssefOperação Lava JatoPetrobrás

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.