Dida Sampaio/Estadão (19/11/2019)
Dida Sampaio/Estadão (19/11/2019)

Weintraub recebe indicado do Centrão para assumir comando do FNDE

Ministro da Educação se reuniu com Marcelo Lopes da Ponte, chefe de gabinete do senador Ciro Nogueira (Progressistas-PI)

Redação, O Estado de S.Paulo

19 de maio de 2020 | 22h41

BRASÍLIA - Alvo de cobiça dos partidos do Centrão, o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) será totalmente loteado. Nesta terça-feira, 19, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, recebeu um indicado do senador Ciro Nogueira (Progressistas-PI) para ocupar a presidência do FNDE. Trata-se de Marcelo Lopes da Ponte, que é chefe de gabinete de Ciro e já havia comandado uma diretoria do FNDE.

 A nomeação deverá sair nos próximos dias, embora Weintraub tenha resistido às negociações com o Centrão.  Na prática, o fundo é cobiçado por ter um orçamento atrativo (R$ 29,4 bilhões neste ano) e atuar em todo o País. Na tentativa de barrar um eventual processo de impeachment, o presidente Jair Bolsonaro intensificou, nos últimos dias, a distribuição de cargos para os partidos que compõem o Centrão e reúnem cerca de 200 deputados.

A Diretoria de Ações Educacionais do FNDE, por exemplo, foi entregue na segunda-feira, 18, ao PL do ex-deputado Valdemar Costa Neto, condenado e preso no processo do mensalão. Neto indicou para a vaga Garigham Amarante Pinto, assessor da liderança do PL na Câmara.

O comando do FNDE, porém, já estava prometido ao Progressistas, partido que também conseguiu emplacar um nome no comando do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs), autarquia com orçamento de R$ 1 bilhão neste ano. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.