Wagner anuncia candidatura do chefe da Casa Civil

O governador da Bahia, Jaques Wagner (PT), confirmou, durante entrevista concedida a uma emissora de rádio, em Salvador, nesta quinta-feira, 28, o nome do seu candidato à sucessão estadual em 2014: será o secretário chefe da Casa Civil, Rui Costa. Não chegou a ser uma surpresa, pois Wagner já vinha dando sinais de sua preferência por Costa.

HELIANA FRAZÃO, Agência Estado

28 de novembro de 2013 | 21h33

"A minha indicação para o diretório estadual do PT é o secretário da casa civil Rui Costa... Escolhido o nome, vamos todo mundo para rua. Agora é Rui se colocar e se apresentar", decretou. A expectativa é quanto à ratificação do nome do secretário pelo diretório do PT, nesta sexta-feira, 29, quando membros do partido deverão se reunir para oficializar o nome do candidato à eleição para o governo do estado. Na mesma ocasião, serão empossados os novos dirigentes do partido.

Apesar da preferência do governador, o senador Walter Pinheiro, em pronunciamento feito no Senado, também nesta quinta-feira, disse que manterá o seu nome na disputa. "Vamos continuar no mesmo patamar, fazendo da mesma forma, brigando do mesmo jeito, empenhando-nos, entregando-nos cotidianamente para que possamos ajudar o povo baiano", afirmou.

Além de Pinheiro e Costa, surgiram outros nomes interessados no pleito, como o do ex-prefeito de Camaçari Luiz Caetano e o do secretário estadual do Planejamento e ex-presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, que agora pregam a união partidária.

Tudo o que sabemos sobre:
Wagnersucessão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.