'Vou utilizar todos os recursos à disposição do Estado’

Entrevista com Camilo Capiberibe, candidato do PSB

O Estado de S.Paulo

25 de outubro de 2010 | 20h24

Como fazer para aumentar a renda do Estado?

 

O primeiro passo para o crescimento econômico será garantir o bom funcionamento da rede elétrica e fazer fortes investimentos no setor. Ao mesmo tempo vamos expandir o fornecimento de energia para as localidades que ainda vivem no escuro. A conclusão do aeroporto internacional de Macapá e o asfaltamento da BR-156 que liga o Oiapoque ao Laranjal do Jarí serão prioridade. Vamos também abrir novos ramais ligando comunidades agrícolas isoladas e garantir o escoamento da produção. Vamos ampliar o píer 2 do Porto de Santana e construir um novo berço fluvial. Construiremos um novo cais para contêineres e para carga seca.

 

Qual a estratégia principal para o seu governo?

 

Vamos concluir e construir as obras de infraestrutura que criam gargalos para o nosso desenvolvimento, como é o caso do aeroporto, do porto e das estradas. E garantir a participação popular no orçamento público e a transparência em todos os gastos do governo.

 

Há alguma ideia para se ter uma economia sustentável?

 

No nosso governo a indústria baseada em produtos locais receberá atenção especial. No caso da madeira, o manejo florestal garante o uso racional e nós temos uma gama enorme de produtos do extrativismo. Dizer que o desenvolvimento econômico pode vir sem nenhum desmatamento é difícil, pois não podemos de antemão barrar indústrias que queiram vir para o Amapá.

 

Seu governo vai intensificar algum tipo de política diferenciada em relação a educação, saúde ou habitação?

 

Vamos realizar concursos públicos para aumentar os efetivos da segurança, melhorar a qualidade da merenda escolar e regionalizar a sua produção e dar a cada professor da rede pública um notebook. O governo federal tem vários projetos de financiamento para casa própria e o Amapá não está acessando esses recursos por falta de interesse e de projetos. Eu vou utilizar todos os recursos que estiverem à disposição do Estado.

 

O apoio aos candidatos presidenciáveis, em segundo turno, será importante em que sentido?

 

A vice na nossa chapa, Dora Nascimento, é do PT. Temos apoio da candidata Dilma Rousseff, que é apoiada pelo PSB, nacionalmente. Vamos trabalhar junto com Dilma, recuperando a capacidade de planejamento e de execução de projetos no Amapá. Assim, não vamos mais desperdiçar e ter que devolver os recursos que o governo federal mandar para cá.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.