Márcio Fernandes/AE
Márcio Fernandes/AE

'Vou continuar viajando e tenho a saúde perfeita', diz Lula

Presidente atribuiu crise de hipertensão ao cansaço e às poucas horas de sono; agora, ele volta a Brasília

Joana Matushita, Agência Estado

30 de janeiro de 2010 | 11h24

"Estou pronto para entrar em campo", disse o presidente Luiz Inácio Lula da Silva na manhã deste sábado, em entrevista coletiva concedida antes de deixar o Instituto do Coração (Incor), em São Paulo, com destino a Brasília. Bem-humorado, afirma que vai manter a agenda de viagens prevista antes da crise hipertensiva que teve quarta-feira em Recife, quando embarcaria para o Fórum Econômico Mundial em Davos, Suíça. "Vou continuar viajando e tenho a saúde perfeita", afirmou. "Parece que os exames estão perfeitos."

 

Lula atribuiu a crise de quarta-feira - sua pressão foi a 18 por 12 - ao excesso de cansaço e às poucas horas de sono. Mesmo dizendo que vai manter a rotina de viagens e compromissos, o presidente reconheceu que aumentará os cuidados com a saúde. "Vou melhorar a qualidade da minha dieta e da (parte) física", afirmou.

 

Sob a supervisão do cardiologista Roberto Kalil Filho, o presidente realizou ecocardiograma, tomografia das artérias, ultra-som do abdômen e da próstata, teste de função pulmonar e exames de sangue e urina. Os exames duraram três horas. "Ele está liberado para cumprir a agenda", afirmou o Kalil. 

 

Na última quarta-feira, o presidente teve uma crise de hipertensão e acabou cancelando a viagem que faria a Davos, na Suíça, para participar do Fórum Econômico Mundial. Na próxima semana, o presidente deve ter uma agenda mais tranquila. A recomendação é diminuir o ritmo. As assessorias vão tentar evitar atender a tantas demandas regionais, reduzindo os compromissos que ele tem cumprido nos roteiros pelo Brasil e no exterior.

 

Com isso, foi cancelada a viagem que Lula faria a São Paulo, na quarta-feira, quando ele iria a Paraisópolis e São Bernardo do Campo. Foi mantida, no entanto, a viagem ao Rio de Janeiro, também agendada para quarta-feira, quando o presidente participará da cerimônia de inauguração de um gasoduto em Macaé.

 

Texto atualizado às 13:31

 

 

Veja também:  

linkAssessor de Obama liga para saber notícias sobre saúde de Lula

linkLugo e Uribe ligam para desejar melhoras a Lula

linkInternação de Lula repercute na imprensa internacional  

especialLeia o que foi dito sobre o problema de saúde de Lula  

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.