Voto vencido de Marco Aurélio vira trunfo de De Sanctis

Voto do ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal, que não viu ilegalidade na prisão de Daniel Dantas, é o ponto central da defesa de Fausto De Sanctis que será levada hoje ao Tribunal Regional Federal. Ele é investigado por suposta desobediência a decisões do ministro Gilmar Mendes. O voto de Marco Aurélio, vencido, é o trunfo do juiz.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.