Votações na Câmara são canceladas

O presidente da Câmara, Aécio Neves, disse que o presidente Fernando Henrique Cardoso deve indicar ainda esta semana os novos titulares dos ministérios da Previdência e de Minas e Energia, mas só depois da reunião da Executiva Nacional do PFL, marcada para quinta-feira. Aécio disse ainda que, em razão do luto oficial pela morte do governador Mário Covas, não haverá votações na Câmara nesta semana. "Vamos aproveitar este instante para refletir sobre o que é a vida pública", disse Neves.Segundo Aécio, o governador está deixando um exemplo e uma referência para as novas gerações que entram na vida pública. O presidente da Câmara embarcará às 14 horas para São Paulo, em vôo especial, com parlamentares de todos os partidos, para o velório do governador Mário Covas.Mantida reunião da Executiva do PFLO presidente nacional do partido, senador Jorge Bornhausen (SC), manteve para quinta-feira a reunião da Executiva, que vai definir a linha político-partidária a ser adotada após a derrota do PFL nas eleições para o comando das duas casas do Congresso e a demissão dos ministros de Minas e Energia, Rodolpho Tourinho, e da Previdência, Waldeck Ornélas, ligados ao ex-presidente do Senado Antonio Carlos Magalhães (PFL-BA).Bornhausen disse, por intermédio de sua assessoria, que lamenta a morte do governador Mário Covas, por quem tinha admiração e respeito. "Mário Covas foi um homem público da maior dignidade. Fui seu companheiro no Senado e tenho por ele admiração e respeito. Deixou uma obra política e administrativa da maior relevância. Foi exemplar o saneamento que promoveu nas finanças do governo do Estado de São Paulo. Covas fará falta para todos nós", declarou Bornhausen, que embarca hoje à tarde para acompanhar o velório do corpo de Mário Covas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.