Votação sobre tabela do IR fica para a próxima semana

Os parlamentares da Comissão de Finanças e Tributação da Câmara decidiram adiar para a próxima semana a votação do projeto que corrige a tabela do Imposto de Renda. Eles designaram também o deputado Mussa Demes (PFL-PI) como novo relator, em substituição a Pedro Novais (PMDB-MA). A missão de Mussa Demes será elaborar um parecer de consenso entre as propostas de Pedro Novais e do deputado Pedro Eugênio (PPS-PR). A proposta de Novais elevava o piso de isenção de R$ 900 para R$ 1 mil e criava alíquotas progressivas de 5% a 35%, nas faixas de R$ 1 mil a R$ 4 mil. Já o projeto de Pedro Eugênio prevê um piso de isenção de R$ 1.200,00 e alíquotas de 5% a 35% nas faixas salariais que vão de R$ 1.200 a R$ 9 mil. Em ambos os projetos não existe mais a palavra "correção da tabela", para não vincular a idéia à indexação e a uma possível volta da inflação. Os projetos falam agora de "revisão anual da tabela", sem a especificação de índices de correção.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.