Votação no exterior termina em 32 países

Segundo o TSE, mais de 200 mil eleitores brasileiros estão cadastrados em outros países

31 de outubro de 2010 | 17h30

SÃO PAULO- A eleição que definirá o próximo presidente do Brasil já terminou em 32 países nos quais cidadãos brasileiros cadastrados pela Justiça Eleitoral puderam votar.

 

Veja também:

linkTSE acata queixa sobre divulgar resultado no exterior

 

Às 2h deste domingo (horário de Brasília), o pleito foi encerrado em Wellington (Nova Zelândia). Às 4h, foi a vez de Camberra e Sydney, na Austrália. Às 6h, a votação terminou em Seul (Coreia do Sul), em Tóquio, Nagoya, Suzuka, Hamamatsu, Mitsukaido, Oizumi, Takaoka, Toyohashi e Ueda (Japão), e Dili, no Timor Leste.

 

Entre outros países asiáticos nos quais a eleição para a presidência do Brasil terminou são Cingapura, China, Filipinas, Hong Kong, Malásia, Tailândia e Indonésia.

 

Já às 13h, foi a vez de a votação ser encerrada em Israel, Grécia, Turquia, Romênia, Líbano, Egito, Jordânia, Finlândia, África do Sul e nos territórios palestinos.

 

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral, mais de 200 mil eleitores brasileiros estão cadastrados no exterior.

Tudo o que sabemos sobre:
eleições 2010TSE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.