Votação do relatório sobre João Paulo Cunha é adiado de novo

Transferida desta terça-feira para a quinta-feira, a votação do pedido de cassação do mandato do ex-presidente da Câmara João Paulo Cunha (PT-SP), pelo recebimento de dinheiro irregular do empresário Marcos Valério Fernandes, foi novamente adiada.A decisão de promover o novo adiamento, desta vez para a próxima semana, em dia a ser ainda definido, foi divulgada na noite desta terça, pelo presidente do Conselho de Ética, deputado Ricardo Izar (PTB-SP).A votação do pedido de cassação de João Paulo tinha sido adiada por causa de um pedido de vista do processo apresentado pela deputada Angela Guadagnini (PT-SP).Ricardo Izar marcou para quinta-feira a apresentação do relatório sobre o processo de cassação do deputado José Mentor (PT-SP), também acusado de ter-se beneficiado de dinheiro irregular de Valério. O relator do processo contra Mentor é o deputado Edmar Moreira (PFL-MG).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.