Votação do relatório será aberta; começa leitura

O presidente do Conselho de Ética do Senado, Ramez Tebet, em resposta à questão de ordem feita pelo senador Gerson Camata (PMDB-ES), disse, por volta de 10h00, que a votação do relatório do senador Saturnino Braga seria aberta. A decisão, segundo Tebet, foi tomada tendo como justificativa o fato de que a atual fase do processo é de averiguação e não existe votação secreta nesse caso. Ele disse ainda que, após a leitura do relatório, caso não haja pedido de vista (o senador Waldeck Ornélas, do PFL da Bahia, já avisou que pedirá vistas), serão feitas a discussão e a votação do relatório. O relator solicitou ao presidente do conselho que indicasse outro senador para que fizesse a leitura do relatório uma vez que está com problemas na boca em consequência de um incidente com um fruto da região goiana. Tebet indicou o senador Casildo Maldaner (PMDB-SC).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.