Votação do relatório da Previdência deve ir até meia noite

O presidente da Comissão Especial da Reforma da Previdência, Roberto Brant (PFL-MG), suspendeu a discussão sobre o relatório do deputado José Pimentel (PT-CE), após votação simbólica do requerimento apresentado pela liderança do governo. Ele anunciou ainda que está sendo fechado um acordo entre a oposição e a liderança do governo para a votação do relatório e dos 50 destaques apresentados. A previsão do líder do governo na Câmara, Aldo Rebelo (PCdoB-SP), é que a votação prossiga até a meia-noite de hoje. O deputado Maurício Ranes (PT-PE) informou que o acordo ainda não está fechado. Apenas três votações nominais serão realizadas caso o acordo seja fechado. Uma para tratar da taxação dos inativos; outro para tratar da isenção da contribuição para as pensões dos servidores públicos; e outro para tratar do subteto dos magistrados nos Estados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.