Votação do orçamento impositivo fica para próxima terça

Líderes do PT foram informados na tarde desta quarta-feira de que o presidente da Câmara, deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), atendeu a um apelo da base governista para adiar a votação do Orçamento Impositivo para a próxima terça-feira, 13. A bancada do PT estava reunida para discutir a estratégia de votação, caso o projeto que obriga o Executivo a pagar as emendas dos parlamentares, fosse levada à votação em plenário na noite desta quarta.

DAIENE CARDOSO, Agência Estado

07 de agosto de 2013 | 17h02

O líder do governo em exercício na Câmara, deputado Henrique Fontana (PT-RS), passou a tarde conversando com líderes de partidos da base para convencê-los a votar contra o projeto do Orçamento Impositivo. Segundo Fontana, houve receptividade no PSB e PCdoB. Para o deputado gaúcho, este não era o melhor momento para a votação do assunto, uma vez que a presidente Dilma Rousseff vive um momento de reaproximação com a base aliada. "Uma votação, hoje, poderia gerar um tensionamento no início do semestre", disse Fontana. Segundo ele, não interessa, neste momento, um confronto do Planalto com a base.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.