"Vocês estão todos contra mim", disse passageiro da Rio-Sul

Funcionários do aeroporto de Uberlândia, em Minas Gerais, informaram na noite desta quinta-feira que o passageiro da Rio-Sul Daniel Kitaoka, de aproximadamente 25 anos, teria se descontrolado durante o vôo 5360 que saiu de São Paulo às 17h20 com destino a Uberlândia. Ele teria gritado frases como "vocês estão todos contra mim".Embora a informação não tenha sido confirmada oficialmente, Daniel teria tentado se apoderar dos talheres de um dos carrinhos de bordo, com os quais teria feito ameaças aos demais passageiros e à tripulação.O avião é um jato bimotor ERJ 145, fabricado pela Embraer com capacidade para 50 passageiros. Ele levava 23 passageiros e quatro tripulantes, segundo a Policia Federal.A PF foi acionada em terra pelo comandante do vôo, Marcelo Bairros, e, assim que o avião parou na pista, os passageiros e tripulantes foram retirados. Os agentes federais entraram na aeronave, onde Daniel permaneceu, e o interrogaram por cerca de 40 minutos. Não houve ninguém ferido na confusão. Em seguida, o responsável pelo tumulto foi conduzido para a sede da PF em Uberlândia, onde prestou novo depoimento ao delegado Júlio Bortolatto. O avião deveria retornar a São Paulo às 18h30, mas, em razão do incidente, o horário de regresso foi mudado para as 20h.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.