Viúva de Toninho do PT pede reabertura das investigações

A viúva do prefeito de Campinas, Antônio da Costa Santos, o Toninho do PT, Roseana Garcia, encontrou-se nesta terça-feira com o ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, em Brasília, para pedir a retomada das investigações sobre a morte do marido, assassinado com um tiro em setembro de 2001. Segundo Roseana, Bastos disse que avaliará o caso e prometeu que ela será recebida pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva ainda este mês.Roseana pretende entregar a Lula um abaixo-assinado com pelo menos 55 mil assinaturas pedindo novas investigações sobre o assassinato. Acompanhada do senador Eduardo Suplicy (PT) e do irmão do prefeito, Paulo Santos, ela apresentou a Bastos um relatório com pontos que, conforme defende, precisam de investigações mais detalhadas.A viúva não concorda com a tese de crime comum, apresentada pela Polícia Civil e pelo Ministério Público à Justiça, que acusa a quadrilha de Wanderson Nilton de Paula Lima o Andinho, pelo crime, porque o prefeito estaria atrapalhando a rota de fuga do bando. Andinho nega participação no assassinato. Os outros três réus do processo, em andamento no Fórum de Campinas, morreram em confrontos com a polícia. "Estou otimista", afirmou Roseana.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.