Vitória em Canoas é ''consolação'' para o PT

A vitória de Jairo Jorge em Canoas, quarto maior colégio eleitoral do Rio Grande do Sul, foi um "prêmio de consolação" para o PT, que perdeu em Caxias, já no primeiro turno, e ontem em Porto Alegre e Pelotas. Encerrada a contagem, Jorge ficou com 98.736 votos (52,6% dos válidos) e Maciel obteve o apoio de 88.851 eleitores (47,4%).Aliado do ministro da Justiça, Tarso Genro, chegando a ser ministro interino da Educação em 2005, Jorge é jornalista, tem 45 anos e conquista a cidade para seu partido pela primeira vez. Canoas também fará parte do Eixo da BR-386, nome dado pelo PT às cinco prefeituras cortadas pela rodovia, em território contínuo, nas quais venceu as eleições deste ano. O partido também ganhou em Esteio, Sapucaia do Sul, São Leopoldo e Novo Hamburgo.No discurso da vitória, Jairo Jorge lembrou que já havia sido candidato pelo PT no município em 1985 - o primeiro pelo partido. Agradeceu aos partidos que participaram de sua aliança, que incluíram o PSB, o PC do B, o PP, o PPS, o PR e o PDT. Saudou, também, a perspectiva de governar com tendências ideológicas diferentes."Precisamos deixar de nos preocupar com o que nos divide e passar a olhar para o que nos une, que é o desejo de construir uma cidade melhor", declarou ele. Ao longo do dia, a Brigada Militar prendeu pelo menos 150 pessoas por terem feito "bandeiraços" em grupo em várias esquinas da cidade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.