Vítimas do terrorismo criticam Brasil pelo caso Battisti

As famílias das vítimas do terrorismo na Itália protestam contra a carta enviada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao governo italiano justificando a decisão do Brasil de dar status de refugiado político ao extremista Cesare Battisti. Para as famílias, a decisão e a carta são ?verdadeiros insultos ao povo italiano e às vítimas do terrorismo?.O grupo está ainda organizando uma reação popular contra a decisão do Brasil e pede para cada italiano enviar cartas ao governo e à embaixada do País em Roma. ?O que estamos vendo é um comportamento vergonhoso do Brasil em relação a esse assunto?, afirmou o vice-presidente da Associação das Famílias das Vítimas do Terrorismo na Itália, Roberto Della Rocca. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.