Virgílio insiste em CPI do FAT

O líder do governo no Congresso, Arthur Virgílio (PSDB-AM), afirmou defendeu hoje junto ao presidente Fernando Henrique Cardoso a criação de uma CPI do FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador) porquê "há fatos determinados e motivos suficientes" para tal investigação, lembrando que o assunto está entre os 19 pontos listados no requerimento da CPI para investigar a corrupção no governo. Questionado sobre se a oposição apoiaria uma CPI específica do FAT - que envolve destinação de recursos para centrais sindicais - o deputado foi irônico: "Ela é que fica com a palavra. Eu estou disposto a assinar agora". Virgílio disse ainda que não acredita na instalação da CPI mista para investigar a corrupção. "As pessoas que estão propondo a CPI não são sérias. Elas querem mesmo é que fique esse carnaval todo", disse o líder do governo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.