Virgílio diz que PSDB negocia CPMF sem expectativas

O líder do PSDB no Senado, senador Arthur Virgílio (AM), que estava no Ministério da Fazenda para negociação de dirigentes de seu partido com o ministro Guido Mantega a respeito da prorrogação da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF), afirmou que os negociadores do governo "estão atrasados em tudo". Na sua avaliação, "no dia de hoje, já era para estar tudo resolvido" em relação à votação da emenda que prorroga até 2011 a vigência da CPMF.Segundo o senador, os dirigentes do PSDB estão chegando à reunião com Mantega "sem nenhuma expectativa" em relação à negociação. O presidente nacional do PSDB, senador Tasso Jereissatti (CE), e o senador Sérgio Guerra (PE) não fizeram declarações ao chegar para o encontro com o ministro da Fazenda. No almoço, hoje, Mantega recebe os líderes dos partidos da base aliada e, depois, dá entrevista coletiva.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.