Virgílio diz que ameaça do governo é 'pura bravata'

O líder do PSDB no Senado, Arthur Virgílio (AM), reagiu hoje com ironia à afirmação da líder do Bloco de Apoio ao Governo e do PT na Casa, Ideli Salvatti (SC), de que o Poder Executivo poderia retirar todos os representantes em todas as comissões. "Eles podem até fechar o Senado se quiserem, mas tenho certeza de que isto é pura bravata", disse Virgílio. Ideli disse hoje que uma das idéias do líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), é retirar todos os integrantes até mesmo da Comissão de Infra-Estrutura da Casa, que aprovou hoje uma nova convocação da chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff. Com a possível retirada do governo, a comissão ficaria impedida de realizar sessões por falta de quórum, uma vez que a administração federal é maioria.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.