Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Villas Bôas é nomeado assessor especial do ministro Augusto Heleno

General comandou o Exército por quatro anos e foi sucedido por Edson Leal Pujol

Luci Ribeiro, O Estado de S.Paulo

30 de janeiro de 2019 | 12h44

O ex-comandante do Exército Eduardo Dias da Costa Villas Bôas foi nomeado nesta quarta-feira, 30, para o cargo de assessor especial do ministro do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência (GSI), general Augusto Heleno.

Quando deixou o comando do Exército, na segunda semana deste mês, a indicação de Villas Bôas para assessorar Heleno já havia sido cogitada. A formalização de sua nomeação está publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira. Villas Bôas ficou à frente do Exército por quase quatro anos e foi sucedido no posto pelo general Edson Leal Pujol. Villas Bôas deve iniciar o novo trabalho a partir de fevereiro, a convite do ministro Heleno, de quem é amigo.

O governo quer aproveitar a experiência de Villas Bôas como consultor de Heleno, que, por sua vez, é um dos principais conselheiros do presidente Jair Bolsonaro. Tecnicamente, o GSI é responsável pela segurança do presidente e por ações de inteligência e estratégia do governo. Na prática, a pasta ganhou mais força na atual gestão, já que Heleno exerce influência em decisões estratégicas em diversas áreas. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.