Viegas pediu demissão há 13 dias

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu hoje de manhã no Palácio do Planalto o ministro da Defesa José Viegas para comunicar-lhe a decisão de aceitar o pedido de demissão apresentado pelo ministro no dia 22 de outubro. No mesmo encontro, Lula recebeu o vice-presidente, José Alencar, que acabou sendo nomeado para suceder Viegas.O ministro da Educação, Tarso Genro, não quis comentar a saída de Viegas, mas elogiou a indicação de Alencar. Segundo ele, a escolha feita por Lula é excelente "porque ele (Alencar) tem todos os requisitos para esta função, que é de extrema importância para o futuro do País".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.