Vice-presidente do TJ decidirá sobre prisão de Rainha

O habeas-corpus impetrado em favor de José Rainha Júnior e quatro outros integrantes do Movimento dos Sem-Terra (MST) será encaminhado ao segundo vice-presidente do Tribunal de Justiça, Adalberto Denser de Sá, para decidir sobre pedido de liminar. O advogado e deputado federal Luiz Eduardo Greenhalgh (PT-SP) pede a imediata revogação da prisão preventiva dos cinco acusados. A prisão foi decretada dia 11 pelo juiz do Fórum de Teodoro Sampaio, Atis Araújo.A defesa pede a expedição de alvarás de soltura em favor de José Rainha e Felinto Procópio dos Santos, que estão em presídio de segurança máxima, em Presidente Wenceslau, e de contra-mandados de prisão em favor de Glédson Mendes, Sérgio Pantaleão e Márcio Barreto, que permanecem foragidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.