Vice de Marta ataca tucanos e a Febem

O canditado à vice da prefeita Marta Suplicy (PT), Ruy Falcão, saiu hoje em defesa da petista e respondeu, com ataques, às críticas que o PSDB tem feito às principais bandeiras de campanha de Marta. ?Sabe o que ele (tucanos) estão dizendo? Que os CEUs (Centros Educacionais Unificados) são muito caros. Mas eu quero repetir aqui o que tenho dito. Cara é a Febem, que há mais de 10 anos é uma chaga da nossa sociedade?, afirmou Falcão, em discurso na festa de inauguração de um comitê de Marta em Cidade Ademar, na zona sul.Para um público de cerca de 50 pessoas, formado em sua maioria por cabos eleitorais, o vice da chapa petista aproveitou a oportunidade e reiterou uma das principais promessas da prefeita. ?O CEU tem sido o instrumento de erradicação da pobreza. E a prefeita vai fazer mais 24 em toda a cidade?. A Febem não quis cometar a declaração. Por meio de sua assessoria de imprensa informou que se tratava de um embate político e que não caberia à instituição entrar nessa discussão. A Febem tem neste ano um orçamento de R$ 335 milhões para 76 unidades que atendem cerca de 20 mil adolescentes. A Prefeitura gasta com a manutenção dos 21 CEUs, cerca de 126 milhões por ano. Os centros beneficiam 50.400 crianças.Os ataques não pararam por aí. Na sequência, Falcão, que foi secretário de Governo de Marta, e é considerado o homem forte da administração petista, disse que os tucanos criticam também o bilhete único, porque não têm coragem de admitir que ele é bom. ?Eles estão dizendo que o bilhete único vai estourar. Eles não têm coragem. Na prática, eles são contra porque não fizeram.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.