Vice da Sul América defende apoio do empresariado às reformas

O vice-presidente da Sul América Seguros e Previdência, Renato Russo, disse durante seminário na Fiesp, que o compromisso dos empresários deve ser o de apoio às reformas apresentadas pelo governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Segundo ele, as propostas apresentadas podem não ser as ideais, mas são essenciais para se atingir um melhor equilíbrio fiscal e facilitar a volta dos investimentos ao setor produtivo. "A reforma previdenciária é mais ambiciosa do que esperávamos", disse.Ele acredita que a reforma da Previdência faz parte de um processo de restruturação mais amplo do papel do Estado brasileiro. "O Brasil caminha para esse processo de amadurecimento da sociedade", disse. Sobre a proposta de reforma da previdência, Russo afirmou que esperava mais ambição ainda do governo no encaminhamento de duas questões: A primeira é a busca de uma solução melhor para a Previdência dos novos funcionários público, exigindo uma captação completa e em relação a outra fez uma crtica a ampliação do teto dos benefícios para R$ 2.400,00. Segundo ele, a decisão elevará as contribuições dos atuais trabalhadores na ativa, com redução da poupança privada para o benefício de um sistema que já está condenado. O empresário pediu ainda que o governo apresente, no curto prazo, medidas que incentivem a formação do alongamento das poupanças, com mudanças na atual tributação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.