DIDA SAMPAIO | ESTADAO
DIDA SAMPAIO | ESTADAO

'Viajarei para onde for convidada para me defender', diz Dilma

Presidente afastada critica a falta de mulheres e negros no governo Temer

O Estado de S.Paulo

13 de maio de 2016 | 17h59

Brasília - Um dia depois de ser afastada, a presidente afastada Dilma Rousseff expressou confiança de que terá sucesso no julgamento de seu impeachment no Senado brasileiro. "Eu acredito na minha defesa", disse Dilma em entrevista à imprensa estrangeira. "Eu viajarei para onde for convidada para me defender."

Dilma criticou o gabinete inteiramente branco e masculino anunciado nesta quinta-feira, 12, pelo presidente em exercício, Michel Temer, que a substituirá durante seu afastamento. "Lamento que não tenha nenhuma mulher ou pessoa negra na administração após muitos anos", disse Dilma. "Discriminação de gênero e racial é uma questão séria no Brasil", acrescentou.

A presidente afastada conversou com cerca de duas dezenas de jornalistas representantes da imprensa estrangeira na residência oficial, o Palácio da Alvorada, onde continuará morando durante o julgamento do impeachment.

Na entrevista, assim como fez anteriormente, Dilma afirmou que não fez nada errado e que o movimento do impeachment significa a derrubada de um governo eleito democraticamente. Dilma tem acusado Temer, um antigo aliado, de conspirar com os inimigos políticos dela para tomar o comando do País.

"Esse processo não tem base legal. É um golpe", disse Dilma. "É um mecanismo político pelo qual pessoas que não foram eleitas chegam ao poder." A presidente afastada também afirmou que o sistema político precisa de uma reforma profunda.

O ex-advogado geral da União, José Eduardo Cardozo, que representa Dilma durante o processo de impeachment, esteve com ela na entrevista desta sexta-feira. Cardozo disse que vai continuar a defendê-la durante o julgamento no Senado. / DOW JONES NEWSWIRES

Ouça a entrevista:

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.