Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Vestibulando com dengue poderá fazer prova da UFRJ de ambulância

Os candidatos ao vestibular deste ano da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) que estiverem internados por causa de complicações da dengue poderão ir de ambulância para os locais de provas e fazer o exame dentro do veículo, com a fiscalização de um funcionário do concurso. O vestibular deste ano da maior universidade pública federal, que começa neste domingo e continua nos próximos dias 17 e 24, terá ainda outras novidades. Pela primeira vez, a UFRJ fará exames fora do Rio - as provas serão aplicadas também em Belo Horizonte, Brasília, Campina Grande (PB), Campinas (SP) e São Paulo.Mas, segundo o coordenador administrativo do vestibular, Cesar Scelza, a universidade não vai oferecer ambulâncias. "Não podemos aplicar os testes no hospital. Então estamos criando essa nova regra, mas não é minha responsabilidade conseguir ambulâncias para esses candidatos", afirma. Segundo ele, os locais de provas terão um médico de plantão para atender emergências.Para a disputa pelas 6.203 vagas em 98 cursos, há 56.016 candidatos inscritos. A expectativa é que cerca de 20% não compareçam às provas. Os dois cursos mais procurados são Medicina (40,4 candidatos/vaga) e Comunicação Social (28,8).AtrasoO vestibular da UFRJ deste ano acontece com cinco meses de atraso. Ele estava marcado inicialmente para outubro do ano passado, mas foi adiado depois que uma greve dos professores - que durou mais de três meses - prejudicou os alunos das escolas secundárias federais.Por causa desse atraso, os calouros devem começar o semestre apenas no dia 13 de maio, e não deverão ter férias em julho. "É provável que, por motivos administrativos, haja uma pausa de uma semana, mas vamos tentar manter os alunos estudando o máximo de tempo possível. Mesmo assim, acho que só iremos normalizar o calendário em março de 2003", explica Scelza.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.