Versão da comunicação de agente da CIA

Tradução do original, em inglês, do telegrama do agente da Agência Central de Inteligência (Central Intelligence Agency-CIA) dos Estados Unidos, não-identificado, localizado pela comissão especial da Câmara dos Deputados do Brasil que investigou a morte do ex-presidente João Goulart, o Jango:"P 281830 Setembro 1976 De Buenos Aires (109-2) (109-9) Para Diretor (109-2-201) (109-12-207) Prioridade 204-28. Brasília prioridade 026-28 Madri prioridade 001-28 Paris prioridade 001-28 Secreto Assuntos de Política Externa - Argentina; IS Argentina Assuntos de Política Externa - Chile; IS - Chile Em 28 de setembro de 1976, uma fonte confidencial noexterior (trecho apagado no original) forneceu a seguinteinformação: ´Operação Condor´ é o nome de código de um conjuntode trocas de informações e arquivos de dados de inteligênciaenvolvendo os assim chamados ´esquerdistas´, ´comunistas´ emarxistas, que foi recentemente montada entre serviços secretosassociados na América do Sul, para eliminar atividades deterrorismo marxista na região. Além disso, a ´Operação Condor´apóia ações conjuntas contra alvos terroristas em países-membrosda ´Operação Condor´. Chile é o centro da ´Operação Condor´ e,além do Chile, seus membros incluem Argentina, Bolívia, Paraguaie Uruguai. O Brasil também, experimentalmente, concordou emfornecer dados de inteligência para a ´Operação Condor´. Osmembros da ´Operação Condor´ que têm demonstrado maiorentusiasmo em participar são Argentina, Uruguai e Chile. Essestrês últimos países se envolveram em operações conjuntas,primeiramente, na Argentina, contra o alvo terrorista. Durante asemana do dia 20 de setembro de 1976, o (trecho apagado nooriginal) com respeito à ´Operação Condor´. Uma terceira e mais secreta fase da ´Operação Condor´envolve a formação de equipes especiais dos países-membros paraviajar a qualquer lugar do mundo para desenvolver sanções quevão até o assassinato de terroristas ou simpatizantes deorganizadores terroristas de países-membros da ´OperaçãoCondor´. Por exemplo, se um terrorista ou simpatizante de umaorganização terrorista de um país-membro da ´Operação Condor´fosse localizado em um país europeu, uma equipe especial da´Operação Condor´ seria enviada para localizar e vigiar o alvo.Quando a operação de localização e vigilância do alvo estivesseconcluída, uma segunda equipe da ´Operação Condor´ seria enviadapara executar a verdadeira sanção contra o alvo. As equipesespeciais seriam municiadas com documentação falsa depaíses-membros da ´Operação Condor´ e poderiam ser compostas,exclusivamente, por indivíduos de uma só nação-membro da´Operação Condor´ ou poderiam ser integradas por um grupodiversificado, oriundo de várias nações integrantes da ´OperaçãoCondor´. Dois países europeus especificamente mencionados parapossíveis operações sob a terceira fase da ´Operação Condor´foram França e Portugal. Uma equipe especial tem sido organizada (apagado notexto original) os quais estão sendo preparados para futura açãosob a terceira fase da ´Operação Condor´. Classificado por5931. XGDS 2. Indefinido (apagado no texto original) coordenadolocalmente. Deve-se destacar que não foram encontradas informaçõesindicando que as sanções sob a terceira fase da ´OperaçãoCondor´ foram planejadas para ser desenvolvidas nos EstadosUnidos; no entanto, não está fora de possibilidade que o recenteassassinato de Orlando Letelier em Washington pode ter sidoexecutado como uma ação da terceira fase da ´Operação Condor´. Como enfatizado acima, a informação disponível para afonte indica que foi dada ênfase particular para as ações dafase três da ´Operação Condor´ na Europa, especialmente França ePortugal. Este escritório permanecerá alerta a qualquer informaçãoindicando que o assassinato de Letelier pode ter sido parte deuma ação da ´Operação Condor´."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.