Vereadores de BH têm 13.º suspenso

O Tribunal de Justiça concedeu liminar determinando a suspensão imediata do pagamento de 13.º salário aos 41 vereadores da Câmara Municipal de Belo Horizonte. A medida foi pedida pelo procurador-geral de Justiça do Estado, Jarbas Soares Júnior. O procurador alega que o 13.º não pode ser pago a agentes políticos que exercem mandato eletivo, por não haver vínculo permanente e efetivo deles com o poder público.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.