Vereadores de Araraquara obrigados a devolver dinheiro

O Tribunal de Contas do Estado de São Paulo determinou aos 19 vereadores da gestão de 1989 a 1992 na Câmara Municipal de Araraquara que devolvam dinheiro aos cofres públicos. O motivo é o reajuste salarial aprovado pelo plenário em 1991 e que passou a vigorar neste mesmo ano. O Tribunal alega que Constituição Federal impede aos vereadores receberem aumento na gestão em que atuam. As informações são do site Cosmo.Segundo o jornal "Tribuna Impressa", cada vereador terá que devolver, aproximadamente, R$ 12 mil ao município, totalizando cerca de R$ 200 mil a serem devolvidos aos cofres públicos.A composição atual da Câmara conta com três vereadores que atuaram de 1989 a 1992 e que terão de fazer a devolução. Três outros dos vereadores à epóca, já estão falecidos. Nenhum vereador foi encontrado para falar sobre o assunto. Segundo o Tribunal de Contas, a decisão não poderá ser revogada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.