Vereadores cassam prefeito de Tietê

A Câmara de Tietê (SP) cassou ontem o prefeito Basílio Saconi Neto (PMDB), acusado de ofender o Legislativo. Em entrevista ao jornal Folha da Cidade, em março, o prefeito teria chamado os vereadores de "incompetentes". Saconi entrou com mandado de segurança para impedir a cassação, mas a Justiça local não deu a liminar. Ele deve recorrer ao Tribunal de Justiça. Segundo a denúncia, o prefeito comparou a Câmara a um "circo" e procedeu de modo "incompatível com o cargo". Saconi não estava na cidade ontem. Sua assessoria disse que ele está em São Paulo para tentar reverter a cassação no TJ.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.