Vereadores aprovam cargo de 6.º assessor em Sorocaba

Os 20 vereadores de Sorocaba, no interior paulista, aprovaram hoje a contratação de mais um assessor de gabinete para cada um deles. Agora, cada parlamentar passa a ter seis assessores diretos, nomeados sem concurso público. O salário é de R$ 3,3 mil, incluindo a gratificação.

JOSÉ MARIA TOMAZELA, Agência Estado

30 de junho de 2011 | 18h58

Os 20 novos servidores vão custar quase R$ 1 milhão a mais por ano. O pretendente ao posto deve comprovar ensino de nível médio. Manifestantes foram à Câmara para protestar aos gritos de "vergonha" e "cabidão", mas isso não intimidou os vereadores. A aprovação foi rápida e por unanimidade.

Tudo o que sabemos sobre:
CâmaravereadoresassessorSorocaba

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.