Vereadora é citada por crime eleitoral

A vereadora por Maceió Fátima Santiago (PP) foi denunciada ontem pelo Ministério Público Estadual, acusada de crime eleitoral e formação de quadrilha. Ela e mais 13 pessoas foram alvo da ação da Promotoria Eleitoral da 54ª Zona Eleitoral de Maceió, com base em um inquérito policial aberto pela Polícia Federal. A vereadora teria se beneficiado de um esquema de compra de votos na região do Tabuleiro do Martins, nas eleições de 2008. Por cada voto era teriam sido pagos R$ 30. Fátima negou as denúncias e disse que vai provar sua inocência na Justiça.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.