Vereador acusado de encomendar crime é preso no RJ

A Polícia Militar do Rio de Janeiro prendeu hoje o vereador de Santo Antônio de Pádua Juscelino Cruz de Araújo, acusado de ter mandado matar o ex-secretário de Segurança Pública fluminense e ex-deputado federal, coronel Josias Quintal de Oliveira. Os dois tinham divergências políticas.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agência Estado

21 de outubro de 2010 | 17h59

Segundo a polícia, no dia 25 de junho de 2009, foi assassinado Waldemar Linhares Duarte, ex-Secretário de Indústria e Comércio de Aperibé, no Rio. Juscelino teria encomendado a morte de Josias, contudo o assassino, que foi identificado por "Caizé", teria matado por engano Waldemar, quando saía do sítio de propriedade de Quintal e se encontrava em um veículo semelhante ao do coronel. O vereador foi conduzido para a Casa de Custódia de Itaperuna, no Rio.

Tudo o que sabemos sobre:
prisãovereadorRioJosias Quintal

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.