Vera Rosa e Marcelo Godoy estreiam colunas no 'Estadão' com foco no Poder

Os repórteres especiais terão espaço de opinião publicado na versão impressa do jornal, às quartas-feiras, a partir de 6 de abril

Redação, O Estado de S.Paulo

27 de março de 2022 | 05h00

Outros dois novos colunistas vão estrear em abril no Estadão, em mais um esforço do Grupo Estado para ampliar sua equipe de analistas políticos. Os repórteres especiais Vera Rosa e Marcelo Godoy vão se revezar quinzenalmente em uma coluna cujo foco será o poder. Ela será publicada na versão impressa do jornal, às quartas-feiras, a partir de 6 de abril. Também será veiculada no portal estadao.com.br.

Vera Rosa vai abordar em seus textos os principais assuntos da política, dos bastidores às articulações para as eleições deste ano. “O foco é o movimento cada vez mais dinâmico e complexo da política e seus personagens, muitos deles atuando nas sombras”, afirmou a jornalista.

Marcelo Godoy pretende tratar das relações civis-militares. Mas este tema não será o único da coluna, que vai se debruçar também sobre outras áreas da burocracia estatal, como as forças policiais, a diplomacia, o Ministério Público e a magistratura.

“A política não é a continuação da guerra por outros meios, como os extremistas sempre nos querem fazer acreditar”, disse ele. “E o jornalismo que busca compreendê-la deve iluminar fatos e opiniões e exibir o homem em seu tempo e em seu espaço. Essa é uma tarefa da qual a análise política não pode abdicar.”

Jornalista formada pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), Vera Rosa está no Estadão desde 1991. Trabalha na sucursal de Brasília do jornal.

Formado pela Faculdade de Comunicação Cásper Líbero, Marcelo Godoy está no jornal desde 1998. Também escritor, é autor do livro A Casa da Vovó, sobre a história do Destacamento de Operações de Informações (DOI-Codi), órgão de repressão política do regime militar, que lhe valeu o prêmio Jabuti (livro do ano de 2015).

Tanto Godoy quanto Vera Rosa continuam a escrever suas colunas semanais publicadas no portal estadao.com.br.

Tudo o que sabemos sobre:
Estadão [O Estado de S. Paulo]

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Felipe Moura Brasil estreia coluna no ‘Estadão’ e Rádio Eldorado

Ele escreverá a cada 15 dias no jornal e estará, a partir desta segunda-feira, dia 28, diariamente na Rádio Eldorado

Redação, O Estado de S.Paulo

27 de março de 2022 | 05h00

O Grupo Estado está ampliando o seu time de analistas para a cobertura das eleições deste ano. O mais novo colunista da Rádio Eldorado e do Estadão é Felipe Moura Brasil. A partir desta segunda-feira, dia 28, ele fará comentários diários na emissora, com foco na política nacional. Na versão impressa do jornal, Moura Brasil começará em 11 de abril a escrever uma coluna quinzenal.

“Na coluna no Estadão, pretendo analisar episódios relevantes do cenário político e cultural, à luz de grandes obras, autores, personagens e tradições de pensamento, eventualmente inserindo os elementos e fundamentos das questões em jogo em um contexto histórico ou internacional, sem deixar de atentar para as disputas eleitorais”, afirmou Moura Brasil. “Na coluna da Rádio Eldorado, pretendo analisar as notícias do dia, separando fatos e propaganda político-ideológica, contextualizando cada situação e apontando as tendências dos acontecimentos. Tudo isso, claro, em conversa leve e bem-humorada com (os âncoras) Haisem Abaki e Carol Ercolin.”

O novo comentarista vai estar ao vivo na rádio, de segunda a sexta, às 7h35, com a coluna Análise dos Fatos, no Jornal Eldorado. O comentário terá duração de 15 minutos. Além do FM 107,3 - SP (para Região Metropolitana de São Paulo), o ouvinte poderá acompanhar a coluna também pelo site radioeldorado.com.br, pelo aplicativo da Rádio Eldorado (IOS e Android) e pela Skill da Eldorado na Alexa (Amazon).

As colunas serão publicadas em formato podcast, disponível nas plataformas de streaming e agregadores de podcasts. Felipe Moura Brasil é carioca, tem 40 anos, e já atuou em O Antagonista, Veja, Crusoé, Mídia Sem Máscara, e pelas Rádios BandNews FM e Jovem Pan, onde também foi diretor de jornalismo. Fez ainda trabalhos para a Editora Record e é colunista do UOL.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.