Vencedores do Prêmio Estadão de Jornalismo

O Estado divulgou na noite desta terça-feira os vencedores da segunda edição do Prêmio Estadão de Jornalismo. Cinco categorias foram contempladas: Artes e Ilustração, Fotografia, Edição, Reportagem e Diagramação. A novidade deste ano foi a criação de uma menção honrosa, além do primeiro e segundo lugares."Nosso objetivo é reconhecer o trabalho dos profissionais e tornar público para o leitor que o Estadão está preocupado com a qualidade", diz o editor-chefe, Eleno Mendonça. De acordo com o diretor de redação do Estado, Sandro Vaia, o prêmio visa também incentivar a concorrência saudável entre os jornalistas. "Quero incutir na redação o lado bom do espírito de equipe. Espero que a redação capte o espírito desse prêmio e se empenhe cada vez mais para fazer um trabalho melhor."A série sobre a guerra no Afeganistão, de Lourival Sant?Anna, ficou em primeiro lugar na categoria Reportagem. Sant?Anna cobriu o conflito como enviado especial em setembro e outubro de 2001. Renato Lombardi e Marcelo Godoy, de Cidades, foram os segundos colocados, com as reportagens sobre o seqüestro do publicitário Washington Olivetto, publicadas a partir de fevereiro deste ano. Fausto Macedo, repórter de Nacional, ganhou menção honrosa pela cobertura do Caso Santo André, iniciada em janeiro.Em Edição, Esportes ficou em primeiro lugar, com a cobertura da Copa do Mundo da Coréia do Sul e Japão. Cidades levou o segundo lugar e a menção honrosa pelas reportagens sobre o seqüestro de Washington Olivetto e pelo Caso Celso Daniel, respectivamente.O registro do gol do Brasil contra a Inglaterra, por Vidal Cavalcante, durante a Copa, ganhou o primeiro lugar. O segundo foi para Márcio Fernandes, que clicou um tombo da então candidata à Vice-Presidência Rita Camata (PMDB). Epitácio Pessoa levou menção honrosa por uma foto do nascer do sol em Sorocaba.Os premiados em Artes e Ilustração foram Eduardo Baptistão, com uma caricatura dos músicos Caetano Veloso, Jorge Mautner e Gilberto Gil; Hugo Carnevalli, com arte sobre o aniversário de São Paulo; e José Carlos Santos, com ilustração da Seleção Brasileira.Também foram homenageados os diagramadores Jussara Guedes, pelo Caderno Sertões; Arnaldo Augusto Afonso, pelo Caderno Especial de Urbanismo; e Edson Maldonado, pelo Caderno da Copa. O primeiro lugar em cada categoria recebeu diploma e premiação em dinheiro; o segundo ganhou uma viagem e diploma; e a menção honrosa, um certificado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.