Vencedor do pleito em Avaré segue inelegível

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) negou recurso com o qual Joselyr Silvestre (PSDB) tentava assegurar sua diplomação e posse como prefeito de Avaré (SP). Silvestre foi cassado em agosto deste ano e se tornou inelegível por três anos, por conta de suposta irregularidade num processo de licitação. Apesar disso, ele obteve um recurso para disputar as últimas eleições e saiu vencedor com 64% dos votos. A apelação foi rejeitada pelo ministro Henrique Neves.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.