Vem Pra Rua faz ato na capital Paulista contra a corrupção

Movimento faz protestos em mais 24 cidades

O Estado de S. Paulo

27 Agosto 2017 | 17h48

O movimento Vem Pra Rua realiza na tarde deste domingo, em São Paulo, ato contra corrupção e a favor da renovação política. Os manifestantes se concentram na avenida Paulista em frente ao Museu de Arte de São Paulo (Masp). Segundo os organizadores, o ato tem como objetivo "deixar claro a vontade do povo brasileiro pelo fim da impunidade, com a prisão de todos os corruptos condenados, e a favor da renovação política em 2018". 

Entre os principais alvos do protesto está o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e ministro do Supremo, Gilmar Mendes. Eles pedem mais celeridade da presidente do STF, Carmen Lucia, para julgar os pedidos de suspeição de Gilmar. 

Há também cartazes contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o senador Aécio Neves (PSDB-MG), o relator da reforma política na Câmara, deputado Vicente Cândido (PT-SP) e em defesa da Operação Lava Jato.  

Além da capital paulista, o Vem Pra Rua faz protestos em outras 24 cidades, incluindo as capitais do Nordeste, Salvador, Maceió e Fortaleza, em Brasília e no Rio de Janeiro. Na capital Fluminense, houve confusão quando o ato passou em frente a casa da ex-presidente Dilma Rousseff e encontrou um grupo de simpatizantes da petista. 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.