Veja quantos e quais deputados cada grande doador financiou nas eleições de 2014

'Eles elegem' mostra valores gastos por empreiteiras e empresas com as campanhas de parlamentares; JBS foi a principal doadora

O Estado de S. Paulo

27 de janeiro de 2015 | 13h18

O Estadão Dados lança nesta terça-feira, 27, um novo infográfico interativo que revela o tamanho da bancada de cada um dos maiores doadores das campanhas dos deputados federais eleitos em 2014, chamado Eles elegem.

Ao selecionar uma empresa, um círculo que a representa aparece na tela - quanto maior o círculo, maior o valor doado. Cada um dos pequenos círculos ao redor da empresa representa os deputados para quem a empresa doou. Os parlamentares estão agrupados por partidos, em cores distintas. A espessura da linha conectando a empresa aos deputados é proporcional à quantidade de dinheiro doado pela empresa ao parlamentar. Ao passar o mouse sobre o nome de uma empresa ou de um deputado, os valores doados e recebidos são informados.

Leia Também

Eles elegem

É possível também acrescentar mais de um doador ao gráfico para visualizar as intersecções entre duas empresas. A maior bancada é a da JBS, que doou R$ 54 milhões para os deputados que vão compor a nova Câmara a partir deste domingo, quando ocorre a posse. O frigorífico ajudou a bancar a campanha de 162 parlamentares de 21 dos 28 partidos com representação no Congresso. Em média, os eleitos gastaram na campanha R$ 1,4 milhão por parlamentar, em um custo total de R$ 723 milhões.

O Eles elegem faz parte do Atlas Político Estadão Dados, que foi lançado na semana passada. O portal reúne mais de uma dezena de ferramentas de jornalismo de dados que ajudam o cidadão a saber mais sobre política e eleição. O Atlas agrega em um único endereço mapas, infográficos interativos e textos que mostram, por exemplo, quais empresas financiaram as campanhas eleitorais dos candidatos, como os parlamentares votam no Congresso, as tendências da opinião pública, entre outros dados.

O Atlas Político continuará crescendo e ganhando novas ferramentas. Está programado mais um novo infográfico sobre financiamento eleitoral para os próximos dias, em tempo de mostrar as relações entre financiadores e os deputados federais que tomam posse em 1º de fevereiro. O Atlas e suas ferramentas terão atualização permanente de conteúdo e pretendem ser uma referência para acadêmicos, políticos e cidadãos.

Tudo o que sabemos sobre:
Estadão DadosEles elegem

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.