Veja quais são os sintomas da nova pneumonia

Febre alta, que ultrapassa os 38 graus, tosse, coriza, dores pelo corpo todo e falta de ar são os sintomas da nova pneumonia, a SRAS (Síndrome Respiratória Aguda Severa, ou SARS, na sigla em inglês). O quadro é bem parecido com o de uma gripe forte, mas a falta de ar é o sinal de que algo grave está ocorrendo. "Os sintomas persistem por dois ou até sete dias, dependendo da reação de cada indivíduo", explica o médico Kleper Almeida, professor assistente do Colégio de Medicina da Universidade de Drexel, nos Estados Unidos. Mas não basta ter sintomas que para se suspeite da doença, pois os sinais são muito semelhantes aos da gripe, por exemplo. O que faz um indivíduo ser um caso suspeito da pneumonia atípica é sintoma aliado com viagem recente (nos últimos dez dias) para um dos lugares atingidos pela síndrome. Ou manifestar sintomas e ter se encontrado pessoalmente com alguém que chegou de um desses lugares nos últimos dez dias. É esse perfil de paciente que deve procurar um serviço de médico o mais rápido possível. A infecção pelo vírus da pneumonia atípica tem evolução rápida. "Em cinco dias, a pessoa pode estar numa unidade de terapia intensiva, com respiração artificial", diz Almeida. Nem todas as pessoas infectadas pelo vírus desenvolvem a doença e morrem. Quatro de cada cem infectados morrem; 16 têm pneumonia e são curadas e 80 têm só um quadro de sintomas semelhante ao da gripe.Veja o índice de notícias sobre a pneumonia atípica

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.