Veja a lista de ministros, governadores e prefeitos que concorrerão em outubro

Desincompatibilização também causará mudanças nos quadros da administração do Estado de São Paulo

estadão.com.br

31 de março de 2010 | 07h38

Dez ministros, oito governadores e cinco prefeitos de capitais devem deixar os cargos a partir desta quarta-feira, 31, para se lançar na corrida eleitoral de outubro. Entre eles estão os principais candidatos à sucessão presidencial, o governador paulista José Serra (PSDB) e a ministra Dilma Rousseff (PT).

 

Veja também:

https://www.estadao.com.br/estadao/novo/img/icones/mais_azul.gif Dilma e Serra anunciam saída de cargos para disputar eleição

https://www.estadao.com.br/estadao/novo/img/icones/mais_azul.gif Sindicatos fazem bota-fora para governador de SP

https://www.estadao.com.br/estadao/novo/img/icones/mais_azul.gif Dez ministros deixam o governo para disputar eleições

https://www.estadao.com.br/estadao/novo/img/icones/blog_azul.gif Radar: PSDB espera 5 mil militantes na despedida de José Serra

 

Na esplanada, o ex-ministro da Justiça Tarso Genro (PT) já deixou a pasta para concorrer ao governo do Rio Grande do Sul. O presidente do Banco Central, Henrique Meirelles (PMDB), também pode deixar o cargo, mas anunciará sua decisão nesta quarta-feira.

 

Nos Estados, o ex-governador de Santa Catarina Luiz Henrique da Silveira (PMDB) também já deixou o posto, para concorrer ao Senado. Na mesma situação está o ex-prefeito de Porto Alegre José Fogaça (PMDB), que deve enfrentar Tarso Genro na disputa pelo governo do Rio Grande do Sul.

 

O ato de renunciar ao cargo para concorrer a outro, chamado de desincompatibilização, também causará mudanças nos quadros da administração do Estado de São Paulo.

 

Veja abaixo a lista completa, com o nome dos substitutos:

 

ESPLANADA

 

Casa Civil

Sai: Dilma Rousseff (PT), disputará Presidência

Entra: Erenice Guerra (PT), secretário-executivo da pasta

 

Minas e Energia

Sai: Edison Lobão (PMDB), disputará reeleição para Senado pelo Maranhão.

Entra: Márcio Zimmermann, secretário-executivo da pasta

 

Transportes

Sai: Alfredo Nascimento (PR), disputará o governo do Amazonas

Entra: Paulo Sérgio Passos, secretário-executivo da pasta

 

Integração Social

Sai: Geddel Vieira Lima (PMDB), disputará o governo da Bahia

Entra: João Reis Santana Filho, secretário-executivo da pasta

 

Previdência

Sai: José Pimentel (PT), disputará o Senado pelo Ceará

Entra: Carlos Gabas (PT), secretário-executivo da pasta

 

Agricultura

Sai: Reinhold Stephanes (PMDB), disputará a reeleição para a Câmara dos Deputados

Entra: Wagner Rossi (PMDB), secretário-executivo da pasta

 

Meio Ambiente

Sai: Carlos Minc (PT), disputará a reeleição para a Assembleia Legislativa do Rio

Entra: Izabella Teixeira, secretária-executiva da pasta

 

Comunicações

Sai: Hélio Costa (PMDB), sai para disputar o governo de Minas Gerais

Entra: José Artur Filardi Leite, chefe de gabinete de Hélio Costa

 

Igualdade Racial

Sai: Edson Santos (PT), candidato à reeleição para a Câmara dos Deputados

Entra: Eloi Ferreira de Araújo, secretário-adjunto da pasta

 

Desenvolvimento Social

Sai: Patrus Ananias (PT), quer concorrer ao governo de Minas Gerais, mas admite disputar outro cargo caso a aliança com o PMDB exija que seja Hélio Costa o candidato

Entra: Arlete Sampaio (PT), secretária-executiva da pasta

 

QUEM JÁ SAIU

 

Justiça

Saiu: Tarso Genro (PT), candidato ao governo do Rio Grande do Sul

Entrou: Luiz Paulo Barreto, ex-secretário executivo da pasta

 

DÚVIDA

 

Banco Central

Pode sair: Henrique Meirelles (PMDB), pode concorrer ao governo de Goiás, candidatar-se a senador ou disputar a vice-presidência

Pode entrar: Alexandre Tombini, diretor de Normas do BC

 

GOVERNADORES

 

QUEM SAI

 

São Paulo

Sai: José Serra (PSDB), para concorrer à Presidência da República

Entra: Alberto Goldman (PSDB)

 

Amazonas

Sai: Eduardo Braga (PMDB), concorre ao Senado

Entra: Omar Aziz (PMN)

 

Amapá

Sai: Waldez Góes (PDT), concorre ao Senado

Entra: Pedro Paulo Dias Carvalho (PP)

 

Mato Grosso

Sai: Blairo Maggi (PR), para concorrer ao Senado

Entra: Silval Barbosa (PMDB)

 

Minas Gerais

Sai: Aécio Neves (PSDB), diz que irá concorrer ao Senado. É cotado para ocupar a vice na chapa de José Serra à Presidência

Entra: Antônio Anastasia (PSDB)

 

Paraná

Sai: Roberto Requião (PMDB), para concorrer ao Senado

Entra: Orlando Pessuti (PMDB)

 

Rio Grande do Norte

Sai: Wilma de Faria (PSB), para concorrer ao Senado

Entra: Iberê Ferreira de Souza (PSB)

 

Rondônia

Sai: Ivo Cassol (PP), para disputar vaga no Senado

Entra: João Cahulla (PPS)

 

QUEM JÁ SAIU

 

Santa Catarina

Saiu: Luiz Henrique da Silveira (PMDB), concorre ao Senado

Entrou: Leonel Pavan (PSDB)

 

PREFEITURAS

 

QUEM SAI

 

Cuiabá

Sai: Wilson Santos (PSDB), para disputar o governo do Mato Grosso

Entra: Chico Galindo (PTB)

 

Curitiba

Sai: Beto Richa (PSDB), concorre ao governo do Paraná

Entra: Luciano Ducci (PSB)

 

Goiânia

Sai: Iris Rezende (PMDB), para concorrer ao governo de Goiás

Entra: Paulo Garcia (PT)

 

Teresina

Sai: Silvio Mendes (PSDB), para concorrer ao governo do Piauí

Entra: Elmano Férrer (PTB)

 

João Pessoa

Sai: Ricardo Coutinho (PSB), concorre ao governo da Paraíba

Entra: Luciano Agra (PSB)

 

QUEM JÁ SAIU

 

Porto Alegre

Saiu: José Fogaça (PMDB), para concorrer ao governo do RS

Entrou: José Fortunati (PDT)

 

CORRIDA PAULISTA

 

QUEM SAI

 

Secretaria de Desenvolvimento

Sai: Geraldo Alckmin (PSDB), para concorrer ao Governo do Estado

Entra: Luciano de Almeida, secretário-adjunto da pasta

 

Secretaria de Emprego e Relações de Trabalho

Sai: Guilherme Afif Domingues (DEM), para compor a chapa como vice de Alckmin

Entra: Pedro Rubez Jeha, secretário-adjunto da pasta, assume como interino

 

Secretaria da Casa Civil

Sai: Aloysio Nunes Ferreira (PSDB), para concorrer ao Senado

Entra: Luiz Antonio Marrey, secretário de Justiça do Estado de São Paulo

 

Secretaria de Gestão Pública

Sai: Sidney Beraldo (PSDB), para concorrer a Assembleia Legislativa

Entra: Marcos Monteiro, secretário-adjunto da pasta

 

Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social

Sai: Rita Passos (PV), para concorrer à Assembleia Legislativa

Entra: Nivaldo Campos Camargo, secretário-adjunto da pasta, assume como interino

 

Secretaria de Esportes

Sai: Claury Santos Alves

Entra: indefinido

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.