Veículo leve é motivo de polêmica em São Luís

O projeto do Veículo Leve sobre Trilhos de São Luís tem sido motivo de polêmica. O atual prefeito, João Castelo (PSDB), que tenta a reeleição, foi proibido pela Justiça de usar imagens do VLT no programa eleitoral. Orçada em R$ 19 milhões, a obra tem apenas 800 metros de trilhos já instalados, de um total de 13 km, e fez os primeiros testes nesta quinta-feira (20). Mas problemas com o traçado podem atrasar o projeto. "O prefeito trouxe a composição só para ficar em exposição", disse Holanda Jr., candidato do PTC. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.