Vazamento na P-7 pode ter atingido 13 mil litros

Técnicos da Marinha e da Petrobras estimam em 13 mil litros de óleo o vazamento ocorrido às 4h45 de hoje na Plataforma P-7, no Campo de Bicudo, a 120 quilômetros do litoral de Macaé, no norte fluminense. A informação foi dada pelo gerente-executivo de Segurança, Meio Ambiente e Saúde da estatal, Irani Varela. Segundo ele, o dano ambiental é mínimo e, na verdade, não ocorreu um "blow out" (descontrole total da produção, com vazamento ilimitado). O que houve, esclareceu, foi um "kick", um estágio anterior ao descontrole total, menos intenso.Varela afirmou que, no momento, ainda há uma pequena saída de óleo num tubo que leva o petróleo do poço até a plataforma. A estatal acredita que vai controlar a situação nas próximas horas. Varela descartou a hipótese de explosão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.