Vaz de Lima pode ser líder do governo paulista

O presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo, Vaz de Lima (PSDB), pode assumir o posto de líder do governo no Estado a partir de março, quando encerra seu mandato no comando da Casa. A condição é a eleição do deputado Barros Munhoz (PSDB), que ocupa a liderança atualmente, à presidência do Legislativo.Nenhum candidato se lançou oficialmente na disputa até agora. Mas já há movimentação nos bastidores de dois deputados: Munhoz e Celino Cardoso, ambos do PSDB. O primeiro é o candidato do governador José Serra (PSDB). No início de fevereiro, quando a Casa volta do recesso, haverá uma reunião da bancada do PSDB. A expectativa é de que Celino e Munhoz coloquem oficialmente suas postulações. Hoje, os tucanos estão divididos. Dos 22 deputados, aliados de Munhoz dizem que têm apoio de cerca de dez.Munhoz confirmou que sairá candidato. ?Fui procurado por diversos companheiros e entendi que devo colocar meu nome.? Ele disse desconhecer que haja um acordo para Vaz de Lima assumir seu cargo. ?Eu desconheço. Ele foi cogitado, mas nada mais do que isso.? O atual presidente da Assembleia paulista não quis comentar o assunto. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.