Vasp aumenta número de vôos na ponte-aérea Rio-SP

A Vasp deve aumentar, a partir da próxima semana, de 28 para pelo menos 32 o total de frequências diárias na ponte-aérea Rio-São Paulo. Segundo a empresa, o pedido de aumento foi feito há mais de um mês ao Departamento de Aviação Civil (DAC), que confirmou a mudança.A Vasp também inicia nos próximos dias promoção que dará descontos nas passagens. José de La Peña, assessor do presidente da companhia, Wagner Canhedo, negou que essas mudanças estejam relacionadas à crise da Transbrasil, mas admitiu que a Vasp tem condições operacionais de assumir frequências deixadas vagas pela Transbrasil, cujas atividades estão paralisadas desde terça-feira.A Vasp também negou que os futuros descontos estejam relacionados com a concorrente Gol, que vai começar em breve a operar na ponte aérea Rio-São Paulo (entre os aeroportos de Congonhas e Santos Dumont). A Gol informou que manterá preços mais baixos, conforme prática que vem seguindo desde sua estréia, em janeiro.A Vasp registrou prejuízo líquido de R$ 112,4 milhões no primeiro semestre deste ano e patrimônio líquido negativo de R$ 91 milhões no dia 30 de setembro. O balanço relativo ao terceiro trimestre ainda não foi divulgado e, segundo La Peña, ainda não há data definida para isso A empresa tem 32 aeronaves, três a menos do que no ano passado.A Vasp informou no balanço que tem créditos tributários de R$ 491 milhões relativos ao pagamento de ICMS, principalmente. A Transbrasil também solicita ao governo, sem sucesso até agora, créditos de R$ 335 milhões por cobranças indevidas do ICMS entre 1989 e 1994.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.