DIDA SAMPAIO/ESTADAO
DIDA SAMPAIO/ESTADAO

'Vamos aguardar o que é esta questão da pneumonia' diz Mourão sobre Bolsonaro

Presidente apresentou quadro de febre isolada e pneumonia na noite desta quarta, confirmadas pelo boletim médico divulgado pelo hospital na tarde desta quinta-feira

Tânia Monteiro, O Estado de S.Paulo

07 de fevereiro de 2019 | 20h58

BRASÍLIA - O vice-presidente Hamilton Mourão disse nesta quinta-feira, 7, que é preciso aguardar os dados concretos em relação à saúde do presidente Jair Bolsonaro, que apresentou um quadro de febre e pneumonia. "Vamos aguardar o que é esta questão da pneumonia. O dado que temos aí ainda é incipiente e é normal de acontecer quando a pessoa fica muito tempo deitada. Ambiente de hospital tem esses problemas. Vamos aguardar", afirmou Mourão, ao explicar que não falou com o presidente porque "ele não está falando". O vice disse ainda que "mais tarde", vai tentar esclarecer melhor a situação, conversando com os familiares de Bolsonaro.

No dia 28 de janeiro, o presidente Jair Bolsonaro foi submetido a uma cirurgia de retirada da bolsa de colostomia e reconstituição do intestino, por conta da facada que recebeu em Juiz de Fora, em 6 de setembro, durante a campanha eleitoral.

No fim de semana, Bolsonaro apresentou febre e retornou à unidade de terapia semi-intensiva, para reiniciar o uso de antibióticos. A febre cedeu, mas acabou voltando, agora acompanhando o quadro de pneumonia. Com essa nova intercorrência, não há previsão de alta do presidente do hospital Albert Einstein, em São Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.