DIDA SAMPAIO/ESTADAO
DIDA SAMPAIO/ESTADAO

'Vamos aguardar o que é esta questão da pneumonia' diz Mourão sobre Bolsonaro

Presidente apresentou quadro de febre isolada e pneumonia na noite desta quarta, confirmadas pelo boletim médico divulgado pelo hospital na tarde desta quinta-feira

Tânia Monteiro, O Estado de S.Paulo

07 Fevereiro 2019 | 20h58

BRASÍLIA - O vice-presidente Hamilton Mourão disse nesta quinta-feira, 7, que é preciso aguardar os dados concretos em relação à saúde do presidente Jair Bolsonaro, que apresentou um quadro de febre e pneumonia. "Vamos aguardar o que é esta questão da pneumonia. O dado que temos aí ainda é incipiente e é normal de acontecer quando a pessoa fica muito tempo deitada. Ambiente de hospital tem esses problemas. Vamos aguardar", afirmou Mourão, ao explicar que não falou com o presidente porque "ele não está falando". O vice disse ainda que "mais tarde", vai tentar esclarecer melhor a situação, conversando com os familiares de Bolsonaro.

No dia 28 de janeiro, o presidente Jair Bolsonaro foi submetido a uma cirurgia de retirada da bolsa de colostomia e reconstituição do intestino, por conta da facada que recebeu em Juiz de Fora, em 6 de setembro, durante a campanha eleitoral.

No fim de semana, Bolsonaro apresentou febre e retornou à unidade de terapia semi-intensiva, para reiniciar o uso de antibióticos. A febre cedeu, mas acabou voltando, agora acompanhando o quadro de pneumonia. Com essa nova intercorrência, não há previsão de alta do presidente do hospital Albert Einstein, em São Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.