Valdemar diz que aguarda ordem de prisão em Brasília

Deputado condenado por envolvimento no mensalão saiu pela porta lateral da Câmara para evitar jornalistas

ERICH DECAT, Agência Estado

20 de novembro de 2013 | 21h40

Condenado no processo do mensalão, o deputado Valdemar da Costa Neto (PR-SP) disse na noite desta quarta-feira, 20, que pretende aguardar a decisão do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, sobre o seu mandado de prisão em seu apartamento em Brasília. "Tenho que esperar aqui. Tenho que tocar minha vida aqui". Disse ainda que está tranquilo.

Ao contrário de desta terça, porém, ele evitou deixar a Câmara dos Deputados pela chapelaria, onde transitam um número maior de pessoas no Congresso Nacional e onde foi abordado por um grupo de jornalistas. Ele saiu pela lateral do anexo.

Tudo o que sabemos sobre:
MensalãoprisõesValdemar

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.